Schnauzer miniatura


Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-content/plugins/sharebar/sharebar.php on line 112 and defined in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-includes/wp-db.php on line 1292

Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-content/plugins/sharebar/sharebar.php on line 124 and defined in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-includes/wp-db.php on line 1292

Indicação: companhia
Ambiente: apartamento ou casas, não se indica regiões com muita folhagem devido a pelagem
Compatibilidade: crianças com mais idade, adultos e idosos

Aparência geral: pequeno, robusto, quadrado e delicado
Temperamento: estável, não gosta de alterações bruscas na rotina, não é de latir ou dar trabalho na ausência do dono
Tamanho: machos 35cm, fêmeas 33 cm
Pelo: duro, médio, necessita de tosa especifica para raça
Cores: sal e pimenta, branco e preto

Sua origem é a Alemanha. Seu temperamento forte, preciso e disciplinado confere a sua origem, extremamente obediente ao dono dificilmente faz o que o dono não gostaria que fizesse como se sua meta fosse sempre agradar, é um cão limpo, que pouco late, aprende rapidamente aonde fazer suas necessidades. É indicado para pessoas com equilíbrio permanente pois do contrario se sente confuso e estressado, não gosta de alterações na rotina e segue sua vida independente e regrada por toda a convivência com os donos. Sua aparência peculiar lhe conferem sinais de sua personalidade, até 04 meses alguns proprietários não o reconhecem como sendo da raça, porém nas mãos de bons profissionais, que dem muito carinho já que ele se estressa muito quando sai de seu ambiente para tosar e conviver com outros cães, por isso de preferencia a lugares especializados.

Aparência

Altura entre 30 e 35 cm e peso de 4,5 a 7 kg (tanto para machos quanto fêmeas), sendo que o nanismo é considerado um defeito. Cabeça longa, focinho forte com trufa bem desenvolvida e preta. A mordedura deve ser em tesoura, olhos escuros e ovais. As orelhas podem ser operadas em ponta e a cauda pode ser cortada na terceira vértebra, nos países que permitem tais práticas. Pelagem dura e áspera. Forma uma sobrancelha espinhosa e barba.

É incontestável que, no começo, o schnauzer miniatura foi desenvolvido usando-se a técnica do “breeding down”, ou seja, reduzindo o tamanho do schnauzer standard cruzando-o com várias outras raças de cachorro. Não se sabe ao certo qual, ou quais as raças usadas no decorrer do processo, mas possíveis candidatos seriam os affenpinschers, poodles, griffon de Bruxelas e pinscher miniatura. Há especulações acerca do uso do Pomeranian, entre outras raças “toys”. A intenção original era criar uma versão reduzida do schnauzer standard, inclusive quanto as suas características psicológicas (temperamento, instinto para caça e guarda) e físicas (coloração e porte).

Coloração sal e pimenta clara

Na raça, as cores aceitas pela FCI são:

  • Sal e pimenta
  • Preto
  • Preto e prata
  • Branco

O preto e prata é mais raro e seu valor comercial pode ser o dobro do sal e pimenta, que é a mais comum. O preto e prata surge quando os criadores passam a criar as duas cores originais juntas, sendo resultado do cruzamento do sal e pimenta com o preto. A partir daí, a coloração preto e prata passa a ser considerada uma variação única, geneticamente falando.

Temperamento

Muito obediente, afetuoso, adestrável e simpático, é de uma fidelidade inquestionável em relação ao seu dono. Sente-se quase um humano, detesta ser ignorado e procura sempre ‘tomar parte’ nas conversas que acontecem em sua presença. Relaciona-se bem com crianças e outras raças de cães, desde que estes não tentem entrar em seu território. Não é um cão silencioso. Late para chamar a atenção quando se sente desprezado e para dar alarme quando ouve sons estranhos, o toque de campainha ou qualquer outro som que anuncie a chegada de alguém na casa. Adora companhia, detesta ficar só e, por isso, está sempre no mesmo ambiente da casa em que está seu dono.

É uma das melhores raças para viver em apartamento, pois é um cão que não se importa com o tamanho da casa, desde que esteja sempre ao lado de seu dono. Além disso, é muito higiênico e aprende rápido a fazer suas necessidades nos lugares determinados (jornais ou tapetinhos higiênicos), ou apenas durante os passeios (sendo necessário um passeio por dia, no mínimo).

A inteligência e a incrível coragem do Schnauzer são duas fortes características desta raça. Na Alemanha, seu país de origem, alguns criadores o descrevem como o “Cão de Cérebro Humano”. De acordo com Stanley Coren, a inteligência dos cães pode ser medida com relação à sua obediência e ao seu trabalho, porém a inteligência instintiva não esta em questão. Em seu livro “A inteligência dos Cães” da editora Ediouro, Stanley Coren dividiu os cães em 6 grupos. O schnauzer foi classificado no grupo dois.

São excelentes cães de trabalho. O treinamento de simples comandos são normalmente assimilados depois de 5 a 15 repetições. Os cães lembram destas ordens muito bem embora possam melhorar com a prática. Eles respondem ao primeiro comando em cerca de 85% dos casos, ou mais. Em caso de comandos mais complexos é possível notar, ocasionalmente, uma pequena demora no tempo de resposta, mas que também pode ser eliminada com a prática destes comandos.

Utilidade

Possui o mesmo temperamento dos demais Schnauzer, rateiros e ótimos para vigia e companhia. Pode inclusive viver em apartamento, desde que seja levado para passear diariamente. São instintivamente atraídos por coisas que se movimentem rápido, pois eram ultilizados como cães de caça. Animais como ratos, baratas e até mesmo cães menores viram alvo de suas “brincadeiras” de gato-e-rato.

Relação com o dono

O schnauzer é uma raça muito amiga, e na infância, muito ativa. Eles adoram quando ficam no colos das pessoas, e principalmente, precisa de uma companhia. É calmo e simpático, e trata com carinho suas visitas e companhias. O schnauzer adora carinho e odeia mau tratos. Late só para vizinhos raramente e durante a noite, nada.

Saúde

Em geral constumam ser cães saudáves, entretanto, é preciso de mais atenção com os schnauzers depois de adultos pois costumam apresentar problemas renais. Para isso é importante controlar o tipo de alimento, a quantidade de água ingerida e especialmente a frequência com que urinam


Assuntos Relacionados:


? No related posts



BuscaPé, líder em comparação de preços na América Latina

1 Comment

Escrever comentário:


8 + 7 =

Design by: ABC midia - Fabio Paiva.