Dicas e precauções para seu filhote nas férias:


Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-content/plugins/sharebar/sharebar.php on line 112 and defined in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-includes/wp-db.php on line 1291

Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-content/plugins/sharebar/sharebar.php on line 124 and defined in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-includes/wp-db.php on line 1291

As férias são épocas em que perguntas referentes à como fazer para levar bichinhos em viagens são constantes.

Por isso segue algumas dicas para que o passeio seja um grande sucesso.

Dicas:

1- Não viaje em horários muito quentes, ou de grandes congestionamentos. Isso além de estressar muito o animalzinho pode aumentar sua temperatura, fazer ficar enjoado, irritado e acarretar em conseqüências na chegada.

2 – Não alimente nem de água ao seu animalzinho antes da viagem, isso vai causar enjôo e pode causar vômito e desconforto.

3 – Leve a Carteira de Saúde (ou uma cópia, se permitido) do seu animal na viagem, isso é fundamental em viagens de avião ou de ônibus, assim como, Atestado de Saúde com até três dias de antecedência, emitidos pelo Veterinário. Em viagens de carro estes documentos também podem ser pedidos por policiais. Além disso, estes documentos são muito úteis caso algum imprevisto venha acontecer na viagem. OBS: Em viagens internacionais é necessário um Atestado Veterinário emitido pelo Ministério da Agricultura chamado CZI.

4- Em viagens aéreas reserve com antecedência o espaço do seu bichinho ligando na companhia aérea mesmo que ele vá acompanhando sua viagem. OBS: Em viagens internacionais além do Atestado de Saúde e CZI, alguns países exigem Vistos emitidos pelo Consulado, que os animais sejam microchipados ou ainda maiores de quatro meses, verifique.

5 – Em viagens rodoviárias nunca deixe o animal dentro do veículo, mesmo que com alguma fresta para ventilação, pois o risco de morte é altíssimo. Ele pode ter insolação, desidratação ou hipertermia.

6- Vá ao veterinário antes da viagem, para avaliar se o seu animalzinho está apto a viajar e se é necessário algum tipo de prevenção, por exemplo, animais que vão à praia precisam fazer a prevenção contra o verme do coração (Dirofilariose) ou outras patologias.

7 – Previna também infestações de pulgas ou carrapatos aplicando produtos para tal finalidade.

8 – Leve uma cama, se o seu animalzinho estiver acostumado a ela, leve o comedouro o bebedouro, coleira para passeios e a ração de costume, nem pense em trocar subitamente a alimentação, isso associado ao stress da mudança e da viagem pode causar transtornos chatos.

9 – Cuidado com o ambiente se tiver insetos ou bichos peçonhentos. Lembre-se que bichinhos são curiosos e picadas podem ser perigosas.

10- Não leve seu animalzinho na praia, é perigoso para ele pegar doenças, algumas inclusive podem usar seu bichinho como hospedeiro e depois passam para a família inteira.

11 – Cuidado com piscinas ou rios, apesar de a maioria dos cães saber nadarem eles não agüentam muito tempo e não conseguem sair da piscina sozinha.


12 – Cuidado com sacadas, janelas ou decks muito altos, em um ambiente estranho o animalzinho pode pular ou cair principalmente se estiver tentando sair à sua procura.

Essas são apenas algumas dicas para orientar, mas o uso do bom senso também é muito válido e costuma dar certo ser precavido evita transtornos e acidentes.

LEMBRETE:

Divirta-se com o seu filhote e beba com moderação…



Assuntos Relacionados:


? Um vôo animal

? Especial de Férias: viajar de avião com o cão

? Pinscher

? Especial de Férias: como viajar de carro com o cão

? Afghan Hound

? American Staffordshire Terrier

? Livro combate obesidade de cães e orienta sobre qualidade de vida

? York Yorkshire Terrier



BuscaPé, líder em comparação de preços na América Latina

 

Design by: ABC midia - Fabio Paiva.