Bull Terrier


Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-content/plugins/sharebar/sharebar.php on line 112 and defined in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-includes/wp-db.php on line 992

Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-content/plugins/sharebar/sharebar.php on line 124 and defined in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-includes/wp-db.php on line 992

Indicação: guarda
Ambiente: fora de casa
Compatibilidade: pessoas adultas (com domínio)
Aparência geral: cão pequeno a médio, rústico e robusto, tem muita resistência física
Temperamento: forte, obediente, inteligente
Tamanho: de 38 a 45 cm de altura
Pelo: curto, duro e grosso
Cores: branco, vermelho, castanho, bicolor e tricolor

Origem na Inglaterra. Tem na sua peculiar aparência intimista e no seu temperamento de guardião seu principais atrativos, sempre indicado para pessoas que tenham domínio em animais que lhe dão domínio em situações inusitadas. Tem muita força e inteligência.

Aparência

Bull Terriers são musculosos, com pelagem curta e densa. As cores de sua pelagem são:

  • branca pura, podendo apresentar pequenas manchas bicolores ou pretas.
  • tigrada;
  • dourada;
  • preta;

estas cores combinadas com branco nos cães são chamadas bicolores;

  • preta e canela;
  • preta e tigrada;

estas combinadas com o branco são chamadas tricolores.

Cães brancos e tigrados são preferidos.

Sua característica mais notória é sua cabeça em formato de ovo quando observada de frente, levemente achatada em cima, trufa (nariz) preto, nunca de outra cor, sempre voltado para baixo (linha do solo), orelhas eretas e pontudas, olhos triangulares, aparentando estarem semi fechados.

Não existe um padrão para peso e tamanho, mas a média do standard varia de 51 a 61 cm e entre 20 e 32 kg.

A variação miniatura do Bull Terrier deve possuir as mesmas características, porém com um peso e tamanho menor, no máximo 35 cm na cernelha.

Um Bull Terrier numa competição de agilidade, “agility”

Bull Terrier Branco, “White

Temperamento

São amigáveis e possuem um maravilhoso senso de humor. Sua força física é proporcional à sua notável inteligência, e ambas necessitam estar em constante atividade.

Podem ser teimosos e também tendem a ter um dono general para mandar e reprimir coisas indesejáveis e o melhor é que eles gostam disso. A característica da raça é ser mansa, mas não se pode esquecer que esta raça foi originalmente criada para rinha então deve-se desde cedo “socializa-lo” com outros cachorros para evitar futuros incomodos.

São muito afetuosos e adoram companhia humana, portanto, ás vezes é perigoso deixá-los sozinhos, pois eles se distraem mordendo as coisas, então é sempre bom deixar brinquedos no local!

Também são recomendáveis para fazer companhia a crianças, pois sua força lhes garante um alto nível de tolerância à dor, garantindo resistência para as brincadeiras.

Saúde

Normalmente, os bull terriers não possuem problemas com doenças físicas (como a displasia, por exemplo).

Um problema comum nesta raça é a tendência a desenvolver alergias e doenças de pele. Mordidas de insetos, como moscas ou mosquitos, podem produzir alergias que causam a coceira. Este quadro pode ser anulado se o cão for mantido longe destes insetos, mas obviamente o que definirá isto serão fatores ambientais e/ou climáticos, onde normalmente a exposição se torna praticamente inevitável.

Sua expectativa de vida varia entre 10 e 14 anos em média, no entanto, a cadela mais velha que se teve registro viveu até os 17 anos.

A pelagem é de fácil manutenção, mas cuidados simples como a escovação podem deixá-la praticamente perfeita. Existem alguns tipos de óleo à venda em pet shops e veterinárias que também ajudam a melhorar a pelagem. Recomenda-se não aplicar nenhum produto que não contenha a lista de contra-indicações. Em caso de dúvida, deve-se sempre procurar o veterinário.

A raça necessita de uma quantidade razoável de exercícios, porém, exigir muito de sua musculatura na juventude pode enrijecer e esticar seus músculos. Os cães mais velhos também necessitam de exercícios, porém em doses mais reguladas, enquanto os mais novos podem se exercitar por horas a fio.

Procure manter um equilíbrio entre dieta e exercícios, pois a raça ganha sobrepeso facilmente. Também verifique olhos, nariz e boca regularmente por sinais de infecção.

Bulls Terriers se alimentam de qualquer coisa. Ração canina contendo parte ou todos os elementos é a mais indicada, ossos para brincadeiras (assim esses cães gastam um pouco de sua energia e deixam outros objetos intactos), porém, deve-se ficar atento a alterações na pelagem. Combine com exercícios e um lugar quente para descansar, e você terá a companhia de um cão extremamente feliz e saudável.

História

As raças Old English Bulldog e White English Terrier, já extintas, foram cruzadas para dar origem a uma nova, chamada Bull and Terrier.

Por volta de 1860, a raça Bull and Terrier se dividiu em dois ramos: o Bull Terrier branco puro, e outro com pelagem manchada colorida, que perdurou por mais setenta anos nas rinhas de cachorro até que finalmente foi reconhecido como uma raça legítima chamada Staffordshire Bull Terrier.

Os registros mais antigos de Bull Terriers datam do período entre 1874 a 1876.

Ascendência

O Bull Terrier é fruto do cruzamento de 2 raças:

O Antigo Bulldog Inglês: Pontos positivos: a coragem, a determinação, substância, osso, costela em barril, profundidade de peito, maior força de mandíbula e pelagem. Também vieram dos bulldogs as cores e possivelmente a obediência. Pontos negativos: construção abuldogada, crâneos exageradamente largos, prognatismo, olhos redondos e despigmentações em geral.

O Terrier Branco Inglês: Pontos Positivos: veio refinamento, qualidade, olhos pequenos e escuros, inserçào de orelhas, expressão, desenho, pés, ombros bem ajustados, joelhos bem construídos, agilidade, inteligência, instinto e claro a cor branca. Pontos negativos: uma tendência à leveza de construção, pouco osso, hiperatividade e claro surdez muitas vezes encontradas em cães brancos.

Miscelânea

  • Apesar do nome causar confusão, Bull Terriers não estão diretamente relacionados aos American Pit Bull Terriers. No entanto, ambas as raças tem a mesma ascendência.
  • Bull Terriers já apareceram em vários filmes de Hollywood, incluindo Oliver, A Incrível Jornada e Babe: Um porquinho atrapalhado na cidade.
  • Fritz é um Bull Terrier da ficção, criado pelo autor norte-americano, Chris Van Allsburg (autor de O Expresso Polar), e aparece em todos os seus livros.
  • Bull Terrier é a única raça registrada com olhos triangulares.
  • O cachorro Shark do desenho Eek, The Cat, era da raça Bull Terrier.
  • O cachorro Sadam do personagem Massaranduba do humorísitico “Casseta e Planeta” era também um Bull Terrier, apesar de ser equivocadamente chamado de Pit Bull no programa. A razão do desencontro é porque o fantoche usado nas esquetes era uma sobra do infantil “TV Colosso”.
  • No desenho do Beethoven também há um bullterrier.
  • Outra aparição de um Bull Terrier: No seriado Keen Eddie, o cão do detetive era um bull terrier
  • O cão de Sid,vizinho de andy,do Toy Story,é um bull terrier.

Assuntos Relacionados:


? Ranking das raças de cães mais inteligentes e fáceis de adestrar do mundo

? YORKSHIRE TERRIER – Do antigo caçador ao cão de luxo

? Australian Silky Terrier

? American Staffordshire Terrier

? Todas as raças de cães da letra A – Z

? Filhote de pit bull encontrado queimado em Jaguariúna (SP) é disputado para adoção

? Pit Bull

? Airedale terrier



BuscaPé, líder em comparação de preços na América Latina

1 Comment

Escrever comentário:


7 + = 12

Design by: ABC midia - Fabio Paiva.