‘Encantador’, Cesar Millan põe cachorros no divã


Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-content/plugins/sharebar/sharebar.php on line 112 and defined in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-includes/wp-db.php on line 1291

Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-content/plugins/sharebar/sharebar.php on line 124 and defined in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-includes/wp-db.php on line 1291

Estrela da TV a cabo, o mexicano Cesar Millan costuma dizer que reabilita cães e treina donos de animais e que a maioria dos bichos de sem-teto costuma ser mais feliz que cachorros mimados, tratados como gente.

Atualmente em sua vigésima edição, o livro homônimo do programa exibido pelo Animal Planet, “O Encantador de Cães” (Verus Editora, 266 páginas, R$ 29,90), é um introdução para a filosofia de Cesar, baseada na premissa de resgatar a conexão entre os bichos e a Mãe Natureza.

Pode parecer papo de bicho-grilo, mas funciona. Basicamente, ele defende que cães obedecem à lógica da matilha – quando passam até dez horas para percorrer 15 quilômetros diariamente em busca de comida -, e que necessitam de exercícios, disciplina e carinho, nesta ordem. Confira alguma dicas que podem servir para todos os donos ou aficionados por cachorros.

Energia calma e assertiva – Na lógica da matilha, não há espaço para medos, dúvidas e incertezas. Só há duas opções, liderar ou seguir. Se você deixa seu cachorro pular em você, se ele late para pedir comida e vai na frente quando vocês passeiam, ele está exercendo o papel de líder. É preciso projetar uma energia calma e assertiva para fazê-lo assumir o papel de seguidor e se tornar mais descontraído e receptivo.

Cães-problema ou donos-problema? – O Centro de Psicologia Canina de Cesar, em Los Angeles, tem entre 30 e 40 animais, muitos deles de raças “fortes” como pitbulls, rottweillers, pastores alemães e mastifes italianos. Estes animais são treinados para nunca serem agressivos e agem como catalizadores para que cães problemáticos recuperam seu equilíbrio natural ao conviver com a matilha de Cesar. Para o mexicano, a raça deve ser vista como a roupa que um cão usa e não como sua personalidade, esta geralmente uma projeção do seu dono. Cães não pensam como nós, eles reagem a instintos e estímulos.

Tem que malhar, tem que suar, vamos lá – De nada adianta você ter um quintal grande e deixar de lado os passeios com seu amigo. Seu cachorro foi “projetado” para viver em bando, sem cercas, em descampados, caminhando grandes distâncias. É preciso passear todos os dias, no mínimo meia-hora com seu cão. Estas caminhadas são importantes para que o dono estabeleça sua dominância, por este motivo é você quem deve ir na frente e definir quando o cachorro vai parar para fazer xixi ou cheirar.

Focinhos, olhos, ouvidos , nesta ordem – Quando dois cães se encontram, eles cheiram o traseiro um do outro como forma de apresentação. Pelo olfato, os cachorros conseguem saber o que o  outro comeu, onde esteve, se está doente. O cheiro serve de linguagem. Por este motivo ao interagir com um cão deixe-o cheirá-lo e siga a ordem focinhos, olhos, ouvidos para se comunicar com ele. Gritar com um cão só piora o nervosismo dele. Um bicho agressivo e nervoso não seria bem aceito como líder de matilha.

Afeto  no  momento certo – Uma das coisas que podem “estragar” um cachorro é dar afeto no momento errado. Os cães só devem receber carinho quando estiverem calmos e submissos. Muita gente humaniza seus bichos e acaba reforçando comportamentos não desejáveis ao deixar de impor disciplina e limites. Deixe que seu cão venha até você, e não o contrário. E quando seu cão pisar na bola, o repreenda na hora e o ignore. Seu bicho não vai guardar rancor, ele vive o momento.

Fonte: http://www.redebomdia.com.br


Assuntos Relacionados:


? Que tal educar seu filho como se fosse cachorro?

? Creche para cachorros é novidade em São Paulo

? Nomes alemães para cães e gatos.

? Robinho: “ficamos com medo de levar uma pedalada do cachorro”

? Tratamento vip para hóspedes de quatro patas

? Carro de sorvete para cães é a nova sensação do verão londrino

? Estudo aponta que cão domesticado surgiu no Oriente Médio

? Charlie Sheen briga com ex-mulher pela custódia dos cachorros



BuscaPé, líder em comparação de preços na América Latina

Escrever comentário:


3 + = 12

Design by: ABC midia - Fabio Paiva.