Especial de Férias: cuidados com o cão no verão


Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-content/plugins/sharebar/sharebar.php on line 112 and defined in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-includes/wp-db.php on line 1291

Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-content/plugins/sharebar/sharebar.php on line 124 and defined in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-includes/wp-db.php on line 1291

E chegou a época de sol e calor! A grande maioria das pessoas adora este período do ano. Mas muitos se descuidam com questões básicas com os cães, que necessitam de atenção especial nesta época do ano.

Hora do passeio

Se o asfalto estiver quente para o pé do ser humano, também estará sob o ponto de vista do cão. Além disso, cães têm maior dificuldade para regular a temperatura corporal, pois, diferentemente dos humanos, não suam. A regulação térmica se dá através da respiração ofegante, onde há troca do ar quente por ar mais frio.

Raças braquicéfalas, de focinho achatado, como Pug, Bulldog, Shih Tzu, Boxer, exigem especial cuidado, pois têm maior dificuldade para esta termo-regulação. Um cão braquicéfalo pode morrer rapidamente de hipertermia!

Assim, por todos estes motivos, recomenda-se que nesta época do ano os passeios ocorram nos horários mais frescos do dia: pela manhã, o mais cedo possível, e no final da tarde.

Ah! Jamais deve-se deixar um cão dentro do carro, mesmo com a janela aberta! Esta condição equivale a deixá-lo dentro de um forno ligado!

Parasitas e moscas

Durante o verão, com as temperaturas altas e muita umidade, aumenta a probabilidade de infestação por pulgas e carrapatos, que se proliferam com uma rapidez incrível diante das condições ambientais do verão.
Esses parasitas, além de causarem enorme desconforto nos pets, podem ser uma porta de entrada para outros males, como verminoses e alergia a picada de pulgas.

Por isso, é importante prevenir, consultando um veterinário sobre a melhor forma de utilizar os medicamentos específicos para matar e evitar infestações.

Não se deve esquecer, igualmente, do ambiente onde o cão fica mais tempo: as larvas e ovos da pulga se instalam nestes locais e o ciclo não tem fim. Por este motivo, aspirar e limpar bem casinhas e colocar paninhos e travesseiros ao sol ajuda a prevenir infestações. Mas, muitas vezes, é necessário utilizar algum produto de uso veterinário específico.

A limpeza do ambiente onde o peludo fica, especialmente se for ao ar livre, mantém as moscas afastadas. Estas são as causadoras do “berne”, que nada mais é do que a larva do mosquito depositada na forma de ovo sob a pele do animal. Esta condição é extremamente desconfortável e dolorosa, podendo provocar graves consequências para a saúde do pet.

Dicas refrescantes

Em dias muitos quentes, pode-se oferecer pedras de gelo para o cão, ou mesmo verduras (como cenoura) congeladas. São opções fáceis e o pet irá distrair-se enquanto se refresca.

E, finalmente, o mais importante: deixar água fresca e à disposição durante todo o dia, em vários locais da casa!

Texto: Cassia Rabelo Cardoso dos Santos (Adestradora Cão Cidadão)
Revisão e Edição Final: Alex Candido


Assuntos Relacionados:


? Carro de sorvete para cães é a nova sensação do verão londrino

? Especial de Férias: como viajar de carro com o cão

? Especial de Férias: viajar de avião com o cão

? Como decidir as férias do seu filhote?

? Especial de Férias: viajando com o gato

? Casa limpa, cachorro saudável

? Aumenta procura por cães de aluguel durante as férias

? Cachorro sobrevive após pular de terceiro andar de prédio



BuscaPé, líder em comparação de preços na América Latina

Escrever comentário:


5 + 5 =

Design by: ABC midia - Fabio Paiva.