Animal de estimação deve ser preparado para a chegada do bebê


Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-content/plugins/sharebar/sharebar.php on line 112 and defined in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-includes/wp-db.php on line 1290

Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-content/plugins/sharebar/sharebar.php on line 124 and defined in /home/abcmidia/public_html/portalfilhotes.com.br/wp-includes/wp-db.php on line 1290

Quando a universitária Silvana Lima, 35, descobriu a gravidez, há oito meses, não sabia dos problemas que teria com Preto, seu cachorro SRD (sem raça definida) de oito anos, que, até então, era o único “filho” da casa. Prestes a ter o bebê, sofre com o comportamento estranho do animal, que, por vezes, pula em sua barriga, uiva quando escuta choro de criança, faz xixi pela casa inteira.
No início da gestação, o animal chegou a morder a dona. Para a veterinária Rubia Burnier, especialista em comportamento animal, tal atitude revela o quão confuso o bicho está. “É muito difícil para o cão sentir que está perdendo espaço quando ele é o líder”, diz. “Isso estimula uma mudança de comportamento que pode ser perigosa.”
Para o zootecnista Alexandre Rossi, a situação é administrável. “Se o novo momento for tratado com naturalidade e o cachorro, com respeito, tudo dará certo.”
Com os gatos é diferente. Rubia diz que os felinos são mais territoriais e menos dependentes. O que pode incomodá-los são o choro da criança e a movimentação da casa com o nascimento. “O comportamento dos gatos deve ser observado, diferente das atitudes dos cães, que merecem atenção especial”, compara.
Bem antes de engravidar, Silvana conheceu Preto em um episódio inusitado. Ao estacionar o carro, não percebeu que um cão de rua havia entrado nele. Isso já faz seis anos e, desde então, ela e o marido tratam o animal como uma criança. “Não tínhamos filhos e estávamos atrás de um cachorro. Quando Preto nos adotou, veio ser o reizinho do lar.”
A maternidade trouxe, além de desafios para a família, remanejo de ambientes na casa. Para a tristeza do cachorro, significou perda de espaço. Quando Letícia nascer, dormirá no antigo escritório que, agora, se tornou quarto da criança. Antes, era um dos lugares prediletos de Preto. “Ele só dormia lá”, lamenta Silvana.
O cão anda desnorteado com tantas mudanças. Com a troca de móveis de lugar, por exemplo, perdeu seus referenciais. “O vejo perdido dentro de casa e fico muito aflita”, diz a dona. “Ele está sofrendo com a nova situação e não sei direito como ajudar.”
Rubia alerta para o perigo de tratar pets como filhos: “A relação é diferente. Podemos amá-los, mas temos que respeitá-los como animal”. Segundo a especialista, é comum pessoas colocarem bichos no lugar de filhos. Quando o herdeiro chega, o antigo dono do pedaço entra em crise diante da natural diminuição da atenção antes dispensada a eles. “Já atendi cachorros que perderam todo o pelo quando a verdadeira criança da casa nasceu”, diz a veterinária.
Rossi também constata que o excesso de mimos atrapalha.”Para o animal, é muito fácil ter ciúmes da criança, já que associará a ela a falta de regalias.” O veterinário acompanhou o caso de um cão que atacou um bebê no rosto. A menina, de oito meses, passou por uma cirurgia plástica.
A solução para evitar casos como esse não é desistir do animal. Os especialistas elencam medidas simples para preparar a família e o pet para o novo momento. Uma delas é, antes de a criança chegar, simular um passeio pela casa com carrinho de bebê, se possível, perfumado com o talco que a criança for usar. Isso ajuda no reconhecimento.
Foi o que fez o administrador de empresas Jo Achim Liebert, 43, dono de Frida, uma SRD de cinco anos que, durante três, foi a princesinha do lar. Pai de Bruna, 3, e Júlia, 1, ele preparou o terreno para a chegada das meninas. “Quando Bruna nasceu, a primeira coisa que fiz foi levar a roupa dela para Frida cheirar.”
Além disso, Liebert assumiu o papel de líder que Frida via, até então, em sua mulher. Ao trocar de papéis, a cadela não se ressentiu com o fato de sua dona não ter mais tempo para as antigas atividades. Quando as meninas nasceram, já era ele quem a levava para passear e dava comida.
A família Liebert também envolveu o animal em todos os momentos. “Como era tudo muito normal para nós, Frida encarou a mudança com tranquilidade. Ela não perdeu seus espaços e continuamos a tratá-la como se nada tivesse mudado.”
Um outra questão que se coloca é sanitária. Rubia diz que crianças que têm contato com animais domésticos desde o nascimento estão mais protegidas contra alergias. Adquirem anticorpos mais resistentes do que as que não têm cachorros.
Para Rossi, não existe hora certa para expor a criança ao animal, isso depende do momento em que os pais estarão seguros para fazer a aproximação. “Muitas crianças começam a amar o cachorro da família desde o primeiro dia de vida.”
Dicas para preparar seu animal
– Passear de carrinho pela casa, antes do nascimento do bebê, para que o animal entenda a futura rotina.
– Simular banhos e amamentação para que o animal aprenda a respeitar, sem crise, tais momentos entre a mãe e o bebê.
– Fazer com que o pet tenha bons momentos perto da criança da casa, dando comida e fazendo brincadeiras não apenas quando o bebê estiver longe.
– Respeitar os espaços do animal, tentando não mudá-lo de ambiente, o que dá segurança e ajuda a administrar o ciúme.
– Não deixar a criança, ainda engatinhando, chegar perto do animal quando ele estiver comendo ou bebendo água.
– Envolver o pet e fazê-lo entender que ele faz parte da família, o que traz segurança e tranquilidade.
– Vigiar sempre, pois o bicho, por mais dócil que seja, não deve ficar sozinho com uma criança pequena.

Fonte: Rubia Burnier, veterinária, e Alexandre Rossi, zootecnista, especialistas em comportamento animal.


Assuntos Relacionados:


? Meu cão vai ter um irmão… humano

? Mercado de animais de estimação na China ignora a crise

? Pets podem ser uma opção para o Dia das Crianças

? Dicas para adaptar seu filhote ao novo lar

? ‘A Fazenda’: Max: 15º elemento, 1º lugar no coração dos peões

? Cão é suspeito de comer US$ 1.200 deixados em envelope

? Cachorro mais feio da Grã-Bretanha encontra um novo amor

? Cão é resgatado após 4 meses abandonado em ilha do Pacífico



BuscaPé, líder em comparação de preços na América Latina

15 Comments

  1. fabiane biavatti disse:

    ola amor olha ai dicas pra nao nos extressarmos com a bel

  2. The carnal desire I constantly feel is burning me alive – come into my private room look into my deep coloured eyes and soon You will feel my firm body rubbing against Yours. Let our story begin.

  3. Etha Martinex disse:

    Hi, Neat post. There is a problem with your web site in internet explorer, would check this… IE still is the market leader and a big portion of people will miss your excellent writing due to this problem.

  4. Simply want to say your article is as amazing. The clearness in your post is simply spectacular and that i can assume you’re an expert on this subject. Well along with your permission allow me to snatch your RSS feed to keep updated with forthcoming post. Thanks 1,000,000 and please continue the enjoyable work.

  5. eve isk disse:

    actually liked the article you posted actually. it really isnt that simple to find even remotely good posts to read (you know READ! and not just going through it like some zombie before moving on), so cheers mate for really not wasting my time on the god forsaken internet. 😀

  6. eve isk disse:

    Hey! Just wanted to say great website. Keep up the good work!

  7. A person necessarily assist to make severely articles I would state. This is the very first time I frequented your website page and to this point? I surprised with the analysis you made to make this actual submit incredible. Excellent job!

  8. To the point and written well, thank you for the information

  9. zone diet disse:

    Hey would you mind sharing which blog platform you’re working with? I’m planning to start my own blog soon but I’m having a tough time deciding between BlogEngine/Wordpress/B2evolution and Drupal. The reason I ask is because your design seems different then most blogs and I’m looking for something completely unique. P.S Sorry for getting off-topic but I had to ask!

  10. Shonda disse:

    There is apparently a whole lot to know related to this. I believe that you made some very nice points. Also can you please tell me exactly where do i look for some cool wp themes? My kindest regards, Shonda.

  11. I’ve been recently thinking the identical idea myself lately. Pleased to see another person on the same wavelength! Nice article.

  12. Thanks so much for this information … I’m already doing some of these suggestions but there are many others that are new to me.

  13. is actually accepted as the particular national heating involving Angola, one thing

  14. Rex Ryan disse:

    This web site is really a walk-through for all of the info you wanted about this and didn’t know who to ask. Glimpse here, and you’ll definitely discover it.

  15. click through the following website…

    Animal de estimação deve ser preparado para a chegada do bebê…

Escrever comentário:


+ 3 = 8

Design by: ABC midia - Fabio Paiva.