Gatos

5 Dicas de tratamento e alimentação do gato siamês

Pinterest LinkedIn Tumblr

O tratamento e alimentação do gato siamês são muito simples, mas temos ter em mente que uma boa higiene e uma alimentação adequada e balanceada evita uma menor predisposição a distúrbios e doenças.

Uma característica do gato siamês é ter uma pelagem curta e um sub-pêlo praticamente inexistente, mas para manter a boa aparência de pelo brilhante e suave é necessário uma ou duas escovadas semanais, para reduzir as desagradáveis bolas de pelos.

1 – Banho

A higiene também pode ser feita com banhos regulares, mas tentar dar banho pela primeira vez em um gato já adulto pode ser catastrófico, o animal pode se assustar, sair pela casa toda, derrubando peças de decoração e podendo se machucar ou machucar o dono ao tentar acalma-lo, pois pode se defender arranhando ou mordendo o seu dono.

Se você já adotou o seu gato siamês adulto vale leva-lo para tomar banho em um pet shop para ver a sua reação com a água e secador. Se você adotou seu siamês ainda filhotinho pode ir acostumando aos banhos desde pequenos, com banhos curtos e não traumáticos, veterinários recomendam a começar a dar banhos antes de o gato fazer 3 meses de idade.

2 – Limpeza dos dentes

A limpeza dos dentes é muito importante para a saúde do seu filhote de gato siamês, o ideal é escová-los em todos os banhos, como é um procedimento não muito aceito pelos gatos é indicado introduzir a escovação aos poucos, nas primeiras semanas de vida apenas uma massagem na área interna da boca é suficiente, nas próximas semanas começar a escovar os dentes com uma escova própria para pet e depois colocar a pasta dentária.

Sempre lembrar de tratar eles com amor, carinho, paciência e reforços positivos que você terá grandes resultados.

3 – Cortas as unhas

Em muitos petshops recomendam a cortar as unhas, mas nem sempre isso é viável, o corte deve ser realizado apenas por um veterinário, pois se for feito por pessoas inexperiente podem lesionar seriamente o gato.

A solução para as pessoas que não desejam levar o seu gato siamês para cortar as unhas é ter em casa um poste de arranhar e brinquedos próprios para os gatos gastar suas unhas, senão com certeza ele encontrará em seu sofá, cadeiras e móveis lugar ideal para satisfazer a necessidade de diminuir suas unhas.

4 – Caixas Sanitárias

Não podemos esquecer das caixas sanitárias que devem ser trocadas as areias ou pedras todos os dias ou seguindo a recomendação do fabricante, também deve ser lavada e desinfetada a bandeja com frequência.

Os gatos siamês são animais muito limpos e ter a caixa sanitária suja pode fazer seu gato a deixar de usá-la e começar a usar outros lugares como banheiro.

5 – Alimentação do gato siamês

Os gatos siameses não são frágeis a muitas doenças, no entanto eles sofrem de um problema hereditário cardíaco chamado cardiomiopatia por dilatação, é um problema facilmente tratado com a ingestão de taurina e algumas rações no mercado são especialmente feitas enriquecidas com este ácido orgânico, por isso sempre escolha uma ração específica e de qualidade para seu gato siamês, respeitando as suas exigências nutricionais para manter uma ótima saúde e por consequência um pelo mais bonito e macio.

Sempre deixe a disposição água limpa e fresca, os gatos são mais sensíveis que os cães e cabe a nós ajuda-los.

Estas são as minhas dicas de tratamento e alimentação do gato siamês. Espero que tenha gostado e que elas sejam úteis para você.

Eu sou Gabriel, tenho 28 anos e sou veterinário. Eu adoro animais e vivo no interior de São Paulo. Meu objetivo é compartilhar conhecimentos sobre animais com as pessoas que se interessam por eles.

Escreva um comentário